10 de outubro de 2013

Floriani em dose tripla!

Em nossa árvore genealógica temos 2522 pessoas, mas Carolina Pitz Floriani, que nasceu em 27 de novembro de 2008, representa um desafio para quem faz o estudo genealógico de nossa família.

Carolina é Floriani por parte de pai: filha de Fábio Floriani, que descende de Rogério, de Mário Floriani, de Alfonso Floriani, de Pietro Floriani, de Giovanni Maria Floriani (que vieram de Villa Agnedo).





Carolina também é Floriani por parte da mãe Mirelli Pitz, que descende de João Pitz Primo, de Armando Pitz (e Rozalina Schumacker), de Carolina Floriani  (e Firmino Pitz), de Luiggi Floriani (e Margarida Orler), de Giovanni Batista Floriani (e Teresa Paternolli), de Antonio Floriani (e Maddalena Sandri), que também vieram de Villa Agnedo. 


Mas Carolina também é Floriani uma vez mais, pois sua avó Maria Jeruza Pitz também descende de Luiggi Floriani (e Margarida Orler). Veja na imagem abaixo que a Carolina, filha de Mirelli, descende de Maria Jeruza Pitz (e João Pitz Primo), de Sebastião Rafaeli de Moura, de Maria Eugênia Rafaeli (e Sebastião Muniz de Moura), de Maria Marieta Floriani (e Rogério Rafaeli), de Luiggi Floriani (e Margarida Orler), de Giovanni Battista Floriani (e Teresa Paternoli).



Ou seja, Carolina Pitz Floriani é, no mínimo, três vezes Floriani.
 
O problema prático que surge desta situação é que ao fazermos a inclusão dos vários ramos familiares, chega-se por dois caminhos até o Luiggi, e quando nos demos conta havia dois Luiggi e duas Margarida Orler.

É fundamental gerenciar os dados de nossa árvore genealógica para existir apenas um Luiggi Floriani casado com Margarida Orler. E havia dois na árvore.
Diante disto foi necessário associar Maria Marieta Floriani e Carolina Floriani como filhas de apenas um dos Luiggi, e depois excluir um deles que estava, por assim dizer, meio perdido na árvore.
             Se estiver diante desta situação recomendo que veja o artigo:



O resultado está na figura a seguir, quando aparecem mais de uma vez o mesmo Luiggi e a mesma Margarida Orler, por isso surge um sinal "x2". Se procurarmos na árvore de Giovanni Battista Floriani e Teresa Paternoli, haverá apenas um Luiggi Floriani casado com Margarida Orler.




Este tipo de acontecimento  não é suficiente para aproximar uma família, mas constitui uma razão para algumas famílias se manterem bastante unidas. Pois de alguma forma, os laços familiares se cruzam e amarram cada vez mais as pessoas, a família vai se entrelaçando, e tecendo, por assim dizer, um 'tecido social'.

Para quem tem acesso ao site, este é o link desta parte da árvore genealógica da Família Floriani.


Veja mais artigos sobre a genealogia da Família Floriani


Referencias:
Levantamento documental de Carolina Pitz Floriani realizado por Jordina Rita Floriani.


Comente com o Facebook:

comentário(s) pelo facebook:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...